Graduado em física com ênfase em astronomia pelo Instituto de Física da USP, é especialista em ensino de astronomia e mestre em astrofísica teórica pela Universidade Cruzeiro do Sul. Trabalhou por sete anos (2004-2010) na Divisão de Astronomia e Astrofísica da Prefeitura de São Paulo, orgão que inclui os planetários do Ibirapuera e do Carmo além da Escola Municipal de Astrofísica, tendo sido diretor dessa instituição entre 2007 e 2010. Desde 2011 trabalha como astrônomo no Observatório Dietrich Schiel, do Centro de Divulgação Científica e Cultural da USP - campus de São Carlos, onde se considera um privilegiado por contribuir com a divulgação da astronomia para os mais diferentes públicos. Mesmo antes de se tornar astrônomo, percebeu que presenciar o encantamento das pessoas ao contemplar os astros ao telescópio ou entender um fenômeno astronômico é tão emocionante quanto descobrir os segredos do Universo.